Serve-se um olhar mundano e libertino. Serve-se uma arrogância sonhadora e juvenil. Serve-se uma ironia coerente e um humor valorativo. Serve-se tradição e modernidade. Serve-se na condição humana, Brinda-se com a casmurrice pessoal!

18
Fev 09

Celebrado mais um aniversário recentemente, detenho-me nesta reflexão:

 

Para além das diferentes etapas e responsabilidades naturais é claro, a grande diferença entre a nossa infância e adolescência deixada para trás, e a vida adulta que a passos largos nos apanha, é a selectividade do tempo.

 

Quando crianças e jovens na flor da adolescência, pensamos que temos tempo para tudo, queremos e conseguimos fazer tudo. Ouvir toda a música possível, ler todos os livros imagináveis, estar com todos os nossos amigos, visualizar todos os filmes de que ouvimos falar bem, correr todos os locais com que sonhamos ou a que desejamos ir.

Quando crescemos, percebemos que a vida corre muito mais depressa do que um rio da sua nascente à foz, e somos obrigados a uma selecção natural em função do tempo que temos.

 

publicado por Casmurro às 11:27

Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

Contemplando a corrente

subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO