Serve-se um olhar mundano e libertino. Serve-se uma arrogância sonhadora e juvenil. Serve-se uma ironia coerente e um humor valorativo. Serve-se tradição e modernidade. Serve-se na condição humana, Brinda-se com a casmurrice pessoal!

03
Nov 09

"Sim, não há dúvida; eu sou apenas um viajante, um peregrino no mundo.

  Mas vós? Sereis acaso mais do que isso?"

 

Werther, J.W. Gothe

 

publicado por Casmurro às 23:56

E será que não acabamos todos por ser um bocadinho viajantes? Ora vejamos: quando fazemos uma viagem vemos tudo pela 1ª vez sentimos cheiros e conhecemos culturas que para nós não nos são habituais.
O mesmo acaba por suceder ao longo da vida, a cada experiência pela qual passamos, a cada obstáculo que temos de ultrapassar. A vida acaba por ser uma viagem, umas vezes mais longa que outras, com + ou - emoção. Mas sempre com o desejo de ir mais além.

Se encararmos um viajante deste modo até me parece positivo. Claro que que o autor tb poderia querer dizer que somos viajantes pq vamos apenas passando pela vida.

Mas acho que prefiro acreditar na visão mais optimista! :D

Beijos***
Mariana a 4 de Novembro de 2009 às 00:23

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO