Serve-se um olhar mundano e libertino. Serve-se uma arrogância sonhadora e juvenil. Serve-se uma ironia coerente e um humor valorativo. Serve-se tradição e modernidade. Serve-se na condição humana, Brinda-se com a casmurrice pessoal!

01
Nov 09

Que perdi a minha espontaneidade natural de reacção momentânea?

 

Que desisti de voar lá bem em cima no patamar dos meus cândidos sonhos?

 

Que pus de lado a paixão pessoal de agarrar cada momento sem preocupação pelo labirinto subsequente?

 

publicado por Casmurro às 01:06

Sim, uma vida sem sonhos torna-se vazia, imcompleta.

Claro, a consciência das consequências dos actos que temos é importante, moralmente equilibradora. Contudo, o que queria expressar era a falta de entusiasmo, dinâmica, desinstalação ao agarrar todos os momentos, pelo menos de uma forma que outrora em mim vigorou.

Beijo casmurro *
Casmurro a 4 de Novembro de 2009 às 00:06

Sim, eu percebi o que querias dizer apenas acho que a vida pode ser tão breve que não devemos ter tempo sequer para perder esse entusiasmo e essa tenacidade de agarrar todos os momentos. Em meu ver só assim vale a pena e só assim se vive realmente, claro que há fases menos vigorosas, mas tenho a certeza que irás recuperar esse teu lado mais dinâmico.

Quanto ao sonho, como nos diz o poeta:

" Eles não sabem que o sonho
é uma constante da vida,
tão concreta e definida
como outra coisa qualquer........
.....
Cada vez que o homem sonha,
o mundo pula e avança,
como bola colorida
entre as mãos de uma criança"

Ps - Apenas te peço que não dixes cair essa mesma bola no chão porque ela pode desaparecer . ;)

Beijos***
Mariana a 4 de Novembro de 2009 às 00:15

Obrigado Mary! =)

Beijo agradecido pelas palavras e amizade *
Casmurro a 4 de Novembro de 2009 às 00:18

Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO