Serve-se um olhar mundano e libertino. Serve-se uma arrogância sonhadora e juvenil. Serve-se uma ironia coerente e um humor valorativo. Serve-se tradição e modernidade. Serve-se na condição humana, Brinda-se com a casmurrice pessoal!

18
Nov 08

Acredito em mim. No meu valor e no meu potencial para os outros e para o mundo. Temos sempre algo importante a dar de nós a cada situação ou pessoa que nos confronta e desafia.

 

Por vezes, o contexto ou o momento pode não ser o ideal, o apropriado e oportuno, ou mesmo o que desejávamos que fosse para nos ver explodir.

 

Por isso defendo a importância de nos conhecermos bem a nós próprios, sermos os primeiros a reconhecer as nossas fraquezas e limitações, procurando sempre, com humildade e inteligência, superar os obstáculos diários do nosso trilho de vida, e almejar sempre aquilo que desejamos e nos preenche verdadeiramente.

 

Assim, gosto por vezes de, segundo esta perspectiva, me sentir uma erva daninha. Não a mais bela das ervas em alguns momentos, mas que aprende e cresce, vive e desfruta, para mais tarde, quando as suas virtudes forem plenamente descobertas e conhecidas, me sentir preparado e confiante para a "mutação social (nunca individual, consequência desse conhecimento e fé pessoal) para cisne".

 

Por isso, esta é uma das minhas frases pessoais favoritas:

 

"O que é uma erva daninha? Uma planta cujas virtudes ainda não foram descobertas." - Ralph Waldo Emerson

 

publicado por Casmurro às 22:31

Bom dia,

Está em destaque nos Blogs do SAPO, em http://blogs.sapo.pt e http://www.sapo.pt

Parabéns e boa continuação!

Pedro
Pedro Neves a 20 de Novembro de 2008 às 12:12

Obrigado Pedro! =)

Sabe bem e é reconfortante sermos reconhecidos em todas as coisas que fazem parte do nosso quotidiano e têm importância para nós. E como não podia deixar de ser, esta Estalagem é uma dessas pequenas grandes coisas.

Parabéns também a toda a equipa por detrás dos blogs Sapo!
Casmurro a 20 de Novembro de 2008 às 16:22

Ola !

Todos nos somos ervas daninhas, pelo menos a primeira vista. Todos nos somos especiais a nossa maneira. Por isso, tens tda a razao em por vezes gostares de te sentir uma erva daninha. Lembra-te que também elas tem o seu papel na natureza ;)

parabéns pelo destaque. Gostei do blog.
Jo a 20 de Novembro de 2008 às 12:35

Viva!

Sim. Todas as ervas são importantes no equilíbrio natural, assim como todas as virtudes humanas são essenciais em cada e determinado momento e etapa diferente.

Obrigado pela visita e pelas tuas palavras Jo. Passarei com gosto para conhecer o teu espaço, embora, depois de uma pequena e rápida espreitadela ao teu perfil blogger do Sapo, tenha ficado na dúvida de qual visitar primeiro =P lol ;)

Beijo casmurro * Até já
Casmurro a 20 de Novembro de 2008 às 16:33

:) seras bem vindo..E sim, nao é facil decidir por onde começar nos meus blogs, mas so dois é que sao so meus.
Gostei mm do teu blog. Hei-de voltar mais vezes. beijinhos
Jo a 20 de Novembro de 2008 às 21:44

Fico feliz por teres gostado. =)

As portas deste caricato e tradicional espaço estarão sempre abertas para te receber com o entusiasmo e prazer habitual ;)

Beijito*
Casmurro a 20 de Novembro de 2008 às 22:26

"O essencial é invisível aos olhos", certo?

Parabéns pelo destaque!
Teia d´Aranha a 20 de Novembro de 2008 às 13:49

Exacto "Teia de'Aranha"! ;) Não são necessariamente as coisas espalhafatosas ou os factos mais mediáticos e mediatos que fazem a diferença na vida de cada um de nós. Muitas vezes, como dizes e bem, o essencial é o mais invisível aos olhos, não pela falta de importância mas porque são essas pequenas coisas que nos completam.

Paradoxo? Não propriamente para quem enfrenta a vida de sorriso desembainhado ;)

Obrigado pela visita e pela congratulação =)

*
Casmurro a 20 de Novembro de 2008 às 22:10


ó rapazito que idade tens tu?
dá gosto ler o que escreves, um discurso tão adulto, tão orientado, tão certo e tão claro!

Parabéns e continua meu querido, são rapazitos como tu que fazem falta a este país!

PapoilaAmarela
PapoilaAmarela a 20 de Novembro de 2008 às 16:43

Cara Papoila Amarela,

Agradeço todos os seus (excessivos?) elogios. =)

Obrigado também pela sua visita e comentário. É reconfortante termos feedback de outras pessoas sobre o que damos de nós.

Até breve!
Casmurro a 20 de Novembro de 2008 às 22:48

mesmo como erva daninha já tens bastantes qualidades, espero q a nivel profissional sejas uma pessoa tao impecavel como a nivel pessoal :)
Keep Going **

Nadia
Nádia Conceição a 21 de Novembro de 2008 às 18:22

Tal como todas as ervas (as daninhas e as belas) e todos os seres são necessários para o equilibrio da vida. Também todas as nossas virtudes e defeitos, coragens e fraquezas são fundamentais para a construção da "nossa" pessoa individual. E termos humildade e coragem (sim que também é preciso) de reconhecer que temos pontos fracos e limitações ajuda-nos a tentar ultrapassa-los e um disa, quem sabe, conseguirmos ser o tal cisne.

E já agora Parabéns (muito atrasados) pelo destaque.

Beijinhos
abelhinha a 3 de Dezembro de 2008 às 19:36

Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
17
19
21
22

23
24
25
27
28
29

30


pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO