Serve-se um olhar mundano e libertino. Serve-se uma arrogância sonhadora e juvenil. Serve-se uma ironia coerente e um humor valorativo. Serve-se tradição e modernidade. Serve-se na condição humana, Brinda-se com a casmurrice pessoal!

09
Nov 08

Porque gosto muito de dormir, e porque, posta a preguiça de lado a vida nos reserva muitas surpresas bem agradáveis, dignas dos nossos melhores sonhos, reti esta frase no dia de hoje, e deixei-a aqui pela estalagem em mais um início de semana:

 

"A verdade é que nunca me deito... Para quê perder tempo a sonhar se a vida real é muito melhor?"

 

Não dispenso os meus sonhos. Fazem parte de mim, da minha identidade pessoal, metamorfoseiam o que desejo e ambiciono, e reflectem os meus desejos mais recônditos que às vezes nem nós próprios conseguimos decifrar. Mas é reconfortante sonhar por sua vez que a realidade pode ser bem melhor que os nossos sonhos.

 

publicado por Casmurro às 22:50

Para mim, pior que a pior vida real que se possa ter, é sonhar com algo melhor e depois acordar. O sentimento de perda é muito mais devastador do que o sentimento de nao ter.
Jo a 20 de Novembro de 2008 às 12:36

Claro. Concordo.

Por pior ou melhor que a vida real seja, se sonhamos alto, ou sonhamos secretamente com algo completamente antagónico ao que vivemos, o "acordar" será sempre um sentimento de vazio, de perda, de infelicidade inevitavelmente sempre mais devastadora do que a própria realidade.

*
Casmurro a 20 de Novembro de 2008 às 23:05

Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
17
19
21
22

23
24
25
27
28
29

30


pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO