Serve-se um olhar mundano e libertino. Serve-se uma arrogância sonhadora e juvenil. Serve-se uma ironia coerente e um humor valorativo. Serve-se tradição e modernidade. Serve-se na condição humana, Brinda-se com a casmurrice pessoal!

09
Nov 08

Porque gosto muito de dormir, e porque, posta a preguiça de lado a vida nos reserva muitas surpresas bem agradáveis, dignas dos nossos melhores sonhos, reti esta frase no dia de hoje, e deixei-a aqui pela estalagem em mais um início de semana:

 

"A verdade é que nunca me deito... Para quê perder tempo a sonhar se a vida real é muito melhor?"

 

Não dispenso os meus sonhos. Fazem parte de mim, da minha identidade pessoal, metamorfoseiam o que desejo e ambiciono, e reflectem os meus desejos mais recônditos que às vezes nem nós próprios conseguimos decifrar. Mas é reconfortante sonhar por sua vez que a realidade pode ser bem melhor que os nossos sonhos.

 

publicado por Casmurro às 22:50

Sabes "Sete Vidas", gostei muito destas tuas palavras. =)

E concordo contigo. Há vidas onde os sonhos não acrescentam nada de muito novo (pois acho impossível por melhor que seja a realidade, não existir um único sonho, um objectivo maior, algo ainda não alcançado ou algo que acreditamos, que move a nossa vida), e há vidas onde os sonhos são fundamentais no equilíbrio diário de uma infelicidade constante.

A ideia que me tinha retido, e que tentei transmitir aqui neste meu espaço, é que por vezes é esse o passo que custa mais a dar, ou o único que falta: desacomodarmo-nos um pouco dos sonhos, e transformar o nosso quotidiano naquilo que "sonhamos". =)

Mas o sonho está sempre lá! É parte intrínseca ao existencialismo humano.

Bem-vinda a esta humilde estalagem! =) Espero encontrar-te por cá mais vezes ;) Passarei também para conhecer o teu "Mundo Gato".

Retribuo os beijitos**
Casmurro a 12 de Novembro de 2008 às 21:37

Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
17
19
21
22

23
24
25
27
28
29

30


pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO